Notícias

12/07/2018 09:58 esportes.r7.com

Kalinic, o croata que perdeu a final por se negar a entrar em campo

A Croácia fez história na Copa do Mundo e estará em sua primeira final no torneio. Motivo de festa para torcedores, comissão técnica e quase todos os jogadores convocados. Quase, pois há uma exceção. O atacante Nikola Kalinic não disputará a decisão do Mundial por ter sido cortado ainda na primeira rodada após se recusar a entrar em campo.
O ato de indisciplina aconteceu na partida entre Croácia e Nigéria, quando o técnico Zlatko Dalic chamou o atacante para entrar aos 40 minutos do segundo tempo. Irritado, o jogador se recusou a ir a campo e permaneceu sentado no banco. O ato irritou a todos da direção, que decidiu pelo corte.
Kalinic sequer está se concentrando com a Croácia na Copa do Mundo. O jogador pegou um avião logo após a partida e voltou para Milão, onde mora atualmente - ele defende o Milan. Como justificativa, ele alegou que estava sentindo dores nas costas, mas não foi o suficiente para convencer a comissão técnica.
Na coletiva daquela partida, Dalic declarou que a partida havia terminado "com um problema", apesar da vitória no placar e nenhum jogador ter deixado o campo lesionado. De lá para cá, Rebic e Mandzukic assumiram o ataque e lideraram a Croácia até a decisão da Copa do Mundo.
França e Croácia se enfrentam no próximo domingo, às 12h, em Moscou, para disputar do título. Os franceses tentam a segunda conquista, enquanto os croatas querem o feito inédito. Bélgica e Inglaterra disputam o terceiro lugar no próximo sábado, em São Petersburgo.


versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo